Seguidores

Siga por Email

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Onde Há PAz

imagem da web todos os direitos reservados ao autor
Onde há paz
Há vida.
Ode a Paz,
Onde Há vida.
Aonde encontro o respeito há vida,
Reencontro a paz há tantos perdida.
Aonde encontro a alegria da vida,
Encontro curadas tantas feridas.
O dia que o homem olhar outrem,
Qual imagem refletida no espelho de seu armário.
Não abandonar ao desprezo o semelhante infausto,
Que vegeta à rua qual monumento inerte  e solitário.
Neste dia em que mãos benévolas estenderem-se as seguintes famintas,
Com alimento, alento, acalanto, afago e afeto.
Neste dia sincero, repleto de bênçãos, haverá a Paz.
A vida haverá, pois,
Onde há paz.
Há vida.
O efeito desta sintonia tal como sinfonia reverberando aos ventos
Transbordará de graças e indulgências,
E haverá a paz
E onde há paz
Há vida
Ode a vida
Onde há Paz.

 Fabiana Guaranho

Não vai embora ainda



Deixe um comentário, por favor!

aMiGoS Que Me NaVeGaM Na eSFeRa

CHEGOU O PORTAL DE COMUNICAÇÃO DE ARQUITETOS, ENGENHEIROS E AFINS

VISITEM O POENARCO.
O PORTAL DA ENGENHARIA, ARQUITETURA E CONSTRUÇÃO.

ShareThis