Seguidores

Siga por Email

quinta-feira, 1 de março de 2012

PARABÉNS CIDADE MARAVILHOSA


Meu Rio de Janeiro

Torres de cores repousam em concreto e aço.
Entrelaçadas em lâminas lânguidas de vidros tramados, laminados e temperados.
Regozijando-se aos céus tal qual estalagmites.
Mergulhando por todo o litoral nas cristas de sal,
Mesclas de azuis infinitos iguais ao céu.
Derramando-se nas areias bordadas de multicolores guarda-sóis.
Contrastam com as curvas extasiantes de montanhas incrustadas e fascinantes.
Alhures somente verde de matas densas salpicadas de casebres simples,
Estes, cravados nas encostas por obra e graça do Divino.
Arquitetados e construídos por mãos firmes sem diploma,
Agregadas à argamassa; esperança, suor e massa.
Sotaques e inflexões de vários cantos deste Brasil,
Que convivem em harmonia por ruelas, becos e esquinas.
Meninos de muitas cores, dores e amores, a maioria franzinos e atemorizados,
Por terem visto, assistido ou protagonizado de todo tipo de horrores a desgraças mil.
Hoje no topo tremula alva e absoluta a bandeira branca ao invés do medo e luto.
As armas de fogo amigo lhes dão aconchego(?).
Na madrugada vinda, cortando por dentre as ruas nos trilhos rígidos e frios de ferro,
Corações batendo atentos e famintos indo de encontro ao caminho árduo do batente.
Quarenta graus ferventes e continuam sorrindo com brilhos maculados e macilentos nos dentes.
A semana de labuta e lida  não é nada comparada ao fim da semana que adentra, regado a samba, cerveja e pecado.
Não há nada igual aos contornos esguios, quiçá sombrios.
Aos mares bravios, praias lotadas, sol estrênuo, matas e rios.
Ao povo alegre; sadio e fagueiro, ao humor, calor e luta.
Que encanta estrangeiro, enlouquece e  catequiza forasteiro.
Que embriaga e entorpece com doces prazeres a cada visitante.
Não há nada igual a geografia de traços fortes e belos.
De corpos bronzeados e tão mais belos.
Que deixa palpitante quem aqui aterra, aproa ou aporta.
Que Deus preserve e conserve a força e magia deste povo e deste chão.
Dessa minha cidade de São Sebastião
Do meu Rio de Janeiro.


Fabiana Guaranho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário.Voltem sempre.

Não vai embora ainda



Deixe um comentário, por favor!

aMiGoS Que Me NaVeGaM Na eSFeRa

CHEGOU O PORTAL DE COMUNICAÇÃO DE ARQUITETOS, ENGENHEIROS E AFINS

VISITEM O POENARCO.
O PORTAL DA ENGENHARIA, ARQUITETURA E CONSTRUÇÃO.

ShareThis