Seguidores

Siga por Email

quarta-feira, 1 de abril de 2009

Há a eSPeRaNÇa (aMiGo aGRaDeCiDo)




DeNTRe o CaoS aiNDa Há a eSPeRaNÇa.

Surpreendo-me ainda hoje com os atos simples de solidariedade que vejo ao passar pelos caminhos que percorro.
São tantas as barbáries urbanas que temos que encarar em nossos noticiários, sejam digitais ou materiais, que cada pequeno ato deste nos acende a esperança amortecida em nosso íntimo mais remoto.
Não estou falando de atos de heroísmo ou bravura desenfreada, que muitas vezes acabam formando mais vítimas do que a própria barbaridade executada.
Não podemos vangloriar atos de reação a ação bandida como um ato de heroísmo, como a pouco tempo atrás, quando um policial a paisana ao ser abordado por ladrões que roubavam, sua moto, simplesmente sacou sua pistola e atirou contra os mesmos.
Sim ele os acertou, mas deixou vulnerável à sua reação várias pessoas inocentes que passavam ao redor, e o pior de tudo, ainda foi aplaudido por estas que estavam a observar.(aplaudiriam se tivessem sido alvejadas?).
Isto se passou em pleno bairro da Zona Sul do RJ, Gávea.
Não estou falando disso, porém, estou falando de um ato simples para muitos, mas que me poe a pensar que ainda temos pessoas "humanas".
Falo de algo que vi ao passar por dentro de uma das comunidades que passo todo os dias a caminho de meu trabalho.
Em meio a construções irregulares, esgotos a céu aberto, carros sem fiscalização, quebra-molas fora de padrão, moradores acharcados por milícias opressoras, e outros fatos talvez piores, porém não sabidos, me surpreendi com o ato de um senhor que se colocou a frente de vários carros que vinham em suas viagens solitárias, sem nem reparar ao redor, para que perdessem alguns minutos somente, de suas viagens e dessem passagem a um cansado e velho cão que queria atravessar ao outro lado da rua.
Este já manco, vítima talvez de outro algoz veloz, que por ali passou sem ter tempo para notá-lo.
Um ato simples dirão vocês, porém dentre o caos me pareceu um ponto de esperança.
Ainda temos pessoas que param suas vidas tão sofridas e atarefadas para pensar nestes seres que sempre são nossos melhores amigos e que muitas vezes são hostilizados e abandonados a própria sorte ou seria, má-sorte.
Prefiro ver um pequeno ato deste a cada dia do que os grandes que tenho visto nos noticiários dos jornais.
Mas atos como estes não dão manchete.
Atos como estes não são nem reparados.
Não são vistos.
São ignorados.
Eu vi.
E senti.
E agradeci.
Obrigada a estas pessoas que ainda acreditam em propagar o bem, não só aos semelhantes, mas a todos os seres que necessitam.
Como dizia nosso profeta:



7 comentários:

  1. Obrigado pela notícia que poucos detectam neste MAR de "cegueira"...

    Se não "dá no fantástico" ou "JN" se torna irrelevante...

    Eu acho que esperança 'cança' é o tal de "quem espera nunca alcança"...mas parabéns por acreditares NELA.
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Gostos desses gestos, também acho legal ser amparada no ônibus, receber um sorriso ao chegar num lugar, quando me orientam o endereço que quero chegar, um menino de rua uma vez se preocupou com minha chegada em casa...

    Bom vivo isso diariamente, encontro sempre pessoas gentis que me amparam e ajudam.

    Acho que deveríamos falar mais nisso sim. Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Grande Texto Fabiana! Obrigado pelos elogios, quem me dera além de desenhar escrever tão bem como você! Rsrsrs....Gostei do Blog...ah...e sim...conheço muito o AUTOCAD! heheh..Também desenhei muito nele, só não eram "casas"! Grande abraço! Diemer

    ResponderExcluir
  4. OLá Fabiana, já participei de algumas e é realmente legal vermos nossos poemas numa página de um livro. Participei de coletâneas como "Palavras Verdes", Contos Fantásticos, Poemas de Natal e outros...
    Depois se puder me envia os poemas que classificaram...
    Quanto a sua postagem, caramba, mexeu comigo aqui, nossa cadela Mina está com cinomose e as patas traseiras não conseguem mais se firmar, hoje piorou e dá tristeza só de olhar...choradeira por aqui...
    Mas, vamso aguardar...
    Algumas pessoas ainda guardam na alma não só a palavra ternura, mas o gesto em si...
    Um abraço na alma...parabéns...

    ResponderExcluir
  5. Fabiana, vim esclarecer um pouco sobre o projeto movimento e como ele funciona. Cada pessoa escolhe um dos passos para fazer no projeto.
    Nao tem que fazer tudo nao e nem tem no dia 22 de abril escrever um texto enorme e nada copiado da internet.
    O texto será produzido por você mesmo de acordo com a experiência que você tiver com a parte do projeto escolhida por você.

    Se você plantar uma árvore, entao fotografe e no dia coloque no seu post. Se vc resolveu fazer algo com a sua turma, fotografe e diga o que vc fez.
    Se foi na firma onde vc trabalha, mostre o que vc fez em prol da Natureza.

    Nada de textos retirados da net.

    O Projeto Movimento Natureza é movimento e para isso ele precisa de acao, ele precisa que você coloque a mao na massa.

    Nao é blogagem coletiva, trata-se de um projeto a qual estaremos dando continuidade.

    Obrigada pelo apoio e qualquer dúvida pode perguntar.

    Um abraco Georgia

    ResponderExcluir
  6. Fabi,
    Há poucos dias, voc sabe, recolhi um pit bull absolutamente abandonado. Seu estado era tão crítico em seu solitário abandono que, segundo a vetrinária, a quem o levei, estava defecando terra; sinal de que estava tentando se alimentar de terra pelas ruas. é incrível a indiferença das pessoas. Não podia deixá-lo naquelas condições, naquele instante, ele só tinha a mim. Agora, estmaos tratando e, apesar da anemia profunda, estamos diagnosticando se tem mais doenças e, quem sabe, buscar um dono pra ele, já que não posso adotá-lo, pois como você sabe tenho o Duk e a Mel.
    Ah, se a gente se tocasse, as vezes imagino como seria um jornal que só nos falasse de pequenos gestos como o desse senhor; são esperanças pra nossa alma.
    Continue com seu trabbalho de formiguinha, vale a pena.
    Beijos.
    Mãe

    ResponderExcluir
  7. Fabi, precisamos estar com os olhos dos sentidos mais aguçados para não deixar passar estas gentilezas, muito bem colocado! Também sinto por aqui uma esperança maior em nossa espécie. Obrigada pelo contato e troca de informações.
    Grande beijo!

    ResponderExcluir

Obrigada pelo comentário.Voltem sempre.

Não vai embora ainda



Deixe um comentário, por favor!

aMiGoS Que Me NaVeGaM Na eSFeRa

CHEGOU O PORTAL DE COMUNICAÇÃO DE ARQUITETOS, ENGENHEIROS E AFINS

VISITEM O POENARCO.
O PORTAL DA ENGENHARIA, ARQUITETURA E CONSTRUÇÃO.

ShareThis